Projeto “Memória e Resgate” traz mostra sobre fazendas históricas paulistas

01 de abril 2013

Exposição retrata algumas das importantes fazendas históricas do interior

Foto: Divulgação

O Palacete Levy, em Limeira, receberá a exposição itinerante “Fazendas Históricas Paulistas”. A mostra reunirá presente e passado das fazendas históricas do interior paulista, por meio de 50 fotografias e textos dispostos em 16 painéis. A iniciativa ajuda a explicar o desenvolvimento do estado não somente na área agrícola como seus reflexos nas cidades.

A exposição fica aberta de 03 a 19 de abril, de segunda a sexta, das 9h às 17h. A entrada é gratuita. A organização local é do Projeto Memória e Resgate, que atua junto à Igreja da Boa Morte, com apoio da Secretaria da Cultura de Limeira. O palacete é a sede da Secretaria da Cultura de Limeira.

A exposição retrata algumas das importantes fazendas históricas do interior de São Paulo, datadas dos séculos XVIII ao XX e localizadas nos municípios de Araraquara, Cajuru, Campinas, Cordeirópolis, Dourado, Itu, Jaguariúna, Jaú, Limeira, Mococa, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Gertrudes e São Carlos.

Patrimônio cultural de grande valor, as antigas fazendas, muitas nascidas sob o signo da economia do café durante o século XIX, ajudam a recontar o desenvolvimento urbano e rural de cidades do interior de São Paulo. A arquitetura, a decoração, os espaços de produção do café e as sociabilidades entre as famílias proprietárias e os trabalhadores compõem diferentes leituras sobre a história do café, do Estado e do País.

A exposição já passou por São Carlos e Campinas, chegando agora a Limeira, uma das regiões contempladas nos estudos. Com imagens registradas pelo fotógrafo Haroldo Palo Jr. e textos da professora doutora Maria Ângela Bortolucci, da Universidade Federal de São Carlos – UFSCAR, a mostra é um dos resultados de um projeto de políticas públicas sobre fazendas históricas do Estado de São Paulo, financiado pela FAPESP no período de 2008 a 2012.

Do projeto, participaram 12 instituições de pesquisa, dentre elas a UFSCAR, a Unicamp, a USP de São Carlos, a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e a Embrapa de Campinas, tendo coordenação do professor doutro Marcos Tognon, da Unicamp.

Outras informações sobre a exposição estão disponíveis no site www.memoriaeresgate.com.br

O Projeto

O Projeto Memória e Resgate foi instituído no ano de 2011 pela Confraria de Nossa Senhora da Boa Morte e Assunção. Tem o objetivo de criar um centro congregador e difusor de cultura e memória em torno dos bens culturais, preservando a memória e a história da igreja da Boa Morte e da cidade de Limeira.

Sua base é a coleta, organização, divulgação, preservação e disseminação das informações presentes no acervo, captação de doações de documentos e realização de cursos, eventos, exposições e encontros de cunho cultural.

Serviço:

Exposição “Fazendas Históricas Paulistas”

De 03 a 19 de abril

Segunda a Sexta, das 9h às 17h.

Local: Palacete Levy - Largo da Boa Morte, nº 11, Centro, Limeira-SP

Entrada Gratuita

Voltar