Sindical, 30 anos: palestras nas faculdades focam na correção de acidez do solo

13 de setembro 2019

Sindical quer divulgar a importância da calagem

Foto: Divulgação

O Sindicato das Indústrias de Calcário e Derivados para Uso Agrícola do Estado de São Paulo (Sindical) está completando 30 anos de atividades. Várias ações ocorrerão para marcar a data.

A principal delas será uma série de palestras para estudantes universitários da área de Agronomia, a respeito de acidez de solo e nutrientes para plantas. A primeira palestra ocorrerá às 19h do próximo dia 17 de setembro, no Centro Universitário UniToledo, em Araçatuba (SP).

O campus Agronomia da instituição receberá a apresentação do vídeo "A Importância da Calagem", realizado pelo Sindical em parceria com a Associação Brasileira dos Produtores de Calcário Agrícola (Abracal). Veja o vídeo - clique aqui.

Os alunos de Engenharia Agronômica ainda poderão tirar suas dúvidas num debate, que contará com a presença de Jairo Hanasiro, engenheiro agrônomo pela Esalq/USP, com especialização em Fertilidade de Solos e Nutrição de Plantas. O debate ocorrerá após a exibição.

"Fizemos o vídeo pensando justamente na divulgação da importância da calagem, a partir da aplicação do calcário", diz o presidente da Abracal e do Sindical, João Bellato Júnior. "O estudante de Engenharia Agronômica vai se aprofundar na questão da acidez do solo, tema que hoje se mostra um dos principais quando falamos de produtividade agrícola e rentabilidade para o produtor rural".

A ação está alinhada a um dos principais objetivos do sindicato, que é o proporcionar o aumento da produtividade agrícola do País e o desenvolvimento da indústria nacional de corretivos. No ano passado, o agronegócio paulista utilizou 4,9 milhões de toneladas de calcário, quando, para Bellato, o total aplicado deveria estar perto de 7 milhões.

Voltar